Terça-feira, 26 de Julho de 2011

Beyoncé fala com a 'PrideSource'

Numa recente entrevista para a PrideSource, Beyoncé falou sobre o mais recente álbum, fãs gays, amizade com Lady Gaga e sobre ''A Star Is Born''. Lê a entrevista:

Sei que de acordo com você, as meninas governam o mundo, mas o que você acha das meninas e dos gays unidos a mandar no mundo juntos?

Bom, foi isso o que eu quis dizer quando disse meninas. (risos)


Claro, nós todos poderíamos ser apenas um.

Sim, exactamente! Nós todos somos um.


Você conhece gays o suficiente para que nós pudéssemos fazer isso e comandar o mundo?

Claro, acho que isso já está acontecendo. Lembro de amigos me dizendo que quando “Run The World (Girls)” foi lançado nos clubes, os jovens estavam indo à loucura, eu achei isso tão maravilhoso e fiquei tão animada em saber que a recepção foi tão positiva.


Você não faz muita divulgação na imprensa gay, mas deve saber que tem vários gays que a seguem.

Sim, eu sei.


Quando sentiu uma conexão real com seus fãs gays?

Sempre tive uma conexão. A maioria da minha audiência é na verdade de mulheres e gays, e vi muitos dos jovens crescendo com a minha música. É óptimo quando posso fazer encontros e cumprimentos, porque assim eu realmente me conecto e tenho conversas. As pessoas olham para artistas que admiro, como Diana Ross e Cher, e eles identificam aquele glamour com a Sasha Fierce, e tenho sido realmente inspirada por essa linguagem. O meu estilista e o meu maquilhador são gays, e todas as suas histórias e linguagens eu coloco nas minhas músicas. Nós inspiramos-nos um ao outro, como disse, somos um.


O que os gays te dizem ao conhecer?

Tenho tantas histórias que nem sei por onde começar. Sei que tive essa competição no Twitter em que todos refaziam as minhas fotos recentes, só de ver alguns que se vestiram – como meu cabeleireiro que virou Sasha Fierce de “Single Ladies” no Halloween, vi que vários estavam vestidos com aquela luva e com o maiô – isso realmente faz-me sentir como se estivesse fazendo o meu trabalho e algumas das modas estão deixando as suas marcas. De saber que as pessoas podem ser livres e confiantes para fazer o que quiserem, e eu posso ser a pessoa do qual eles querem ficar parecidos (risos), é realmente uma bênção para mim, e bastante inspirador. Sou muito feliz e orgulhosa disso.


Sim, você inspirou-se em várias drag queens, qual é a dica que pode dar para ser uma melhor Beyoncé?

Tenho vários visuais diferentes, então encontre o que for melhor para as suas curvas e rosto, porque eu já tive todo tipo de corte de cabelo, e sei que para mim existem certas coisas que adoro vestir, além de maquilhagens e cores – cores brilhosas nos meus olhos – elas não combinam comigo. Então acho que é apenas descobrir qual Beyoncé funciona para você, figurino e características.


Para o seu papel no filme “A Star Is Born'', você fará parte de uma linhagem de ícones gays, incluindo Judy Garland e Barbra Streisand, como se sente sabendo disso, é intimidante?

Estou um pouco intimidada, tenho que confessar. Estou cheia de emoções e ainda chocada. (risos). Mas o estúdio e Clint Eastwood acreditam em mim, e sinto que tenho sido realmente seletiva, esperei e trabalhei bem duro em diferentes tipos de filme, comédia, suspense e drama, quando atuei como Etta James – queria ter a certeza de que estava pronta. Acredito que agora estou pronta, tenho sido disciplinada, e cercada com atores muito bons. Espero que isso seja tão incrível quanto sinto que vai ser.


Lembro-me de crescer vendo a Barbra Streisand e sabendo que ela representou aquela geração de estrelas, e sendo uma mulher afro-americana e pessoa que representa é uma grande honra. Isso eu respeito e cuido com carinho, irei trabalhar muito no duro – mais duro do que já trabalhei – para me certificar de que possa estar no calçado dessas mulheres.

No ano passado, a Lady Gaga disse em entrevista para a E!: “estava bem animada em trabalhar novamente com Beyoncé, isso irá correr bem porque nós as duas gostamos de mulheres.” O que ela quis dizer com isso?

(risos) Bom… Sou a favor das mulheres trabalhando juntas, apoiando e aprendendo uma com a outra, sinto que algumas vezes as mulheres recebem reputação negativa, como se fossemos competitivas e que não pudéssmos nos respeitar, principalmente se estamos aí fora ao mesmo tempo, eles acham que vamos nos matar. É tudo sobre as mulheres aprendendo uma com a outra, e eu respeito talento, pessoas boas e que trabalham duro.


Amo a Gaga. Mesmo se ela não se apresentasse e não fosse uma cantora, eu amo-a demais apenas como um ser humano. Mas acima disso, ela é a estrela pop mais talentosa hoje em dia, e estou muito feliz por ela. É realmente inspirador ver alguém que cria o seu próprio destino, aparência, músicas e coreografias, alguém que está no controle e que não é planejada. Se tirar todo pedaço de figurino e ela sentar na frente de um piano, ela ainda sim iria arrasar. Ela é talentosa dessa maneira, e merece tudo. Estou simplesmente feliz de trabalhar com ela. Amo-a.

“I Was Here”, uma música do “4″ escrita por Diane Warren, é sobre fazer a diferença na vida das pessoas, o que você espera que tenha afetado nos seus fãs gays ao longo do ano?

Espero que lhes tenha dado confiança e inspiração. Apenas quero que todos se tornem pessoas melhores. Espero que ao me verem em performances, eles vivam suas fantasias e observem minha ética de trabalho, e apliquem isso em suas vidas, que sejam confiantes e orgulhosos. Se for ‘bootylicious’, tenha orgulho, o que quer que seja, tenha orgulho. Neste álbum, realmente prestei atenção em fazer as pessoas se sentirem bem, sentirem o amor, sei que isso e bondade existe por aí. Queria fazer uma estrutura de trabalho que corresse riscos, ser corajosa e ser eu mesma, e não focar em apenas ser divertido.


É isso que amo nesse álbum, você fez o que queria fazer, e através disso, ensinou aos fãs gays como ficarem fiéis a si mesmos, mas o que você aprendeu deles?

Se algúem é corajoso e fiel a si mesmo, são os meus fãs gays. A quantidade de confiança e destemor em fazer o que os seus pais talvez não queiram que faça, ou o que a sociedade acredita ser diferente – ser corajoso, diferente e você mesmo – é simplesmente muito lindo. É a coisa mais linda que você pode ser, e é o que todos nós queremos ser no final do dia. Não se preocupar em satisfazer ou tornar-se o que os outros pensam no que você deveria ser, esse é o sonho máximo – ser corajoso.
por JohnRoft às 17:39
# | COMENTAR | ADICIONAR AOS FAVORITOS

» Bem-Vindo

Sê bem-vindo ao Beyoncé Portugal, um fansite da cantora, actriz e modelo Beyoncé Knowles, uma das artistas internacionais que mais vende em Portugal. Aqui poderás encontrar as últimas notícias, fotos, rumores e muito mais. Para estares actualizado ao máximo não deixes de nos visitar sempre que puderes.

» Spotlight

» Elite Afiliados

CircusXtina CentralElectric Vanilla

» Afiliados

http:// Espirito Indomável
http:// Madonna X Portugal
http:// Cheryl Cole Web
http:// Avril Lavigne PT
http:// Luciana Abreu Suport

 

Regras | Afiliar-se?

» Status

Nome: Beyoncé Portugal

Versão: 10.0 - Scared Of Lonely

Desde: Maio de 2009

WebMaster: Ratu

» Atenção

O Beyoncé Portugal é um blog/site não oficial, isto é, sem ligação a qualquer entidade oficial ligada a Beyoncé Knowles. Este blog/site foi criado em função de divulgar o trabalho da mesma aos fãs/admiradores portugueses.

» arquivos